Procurar      
Inglês       Espanhol       Francês
Minas / Interior - Notícia
 
 
Produtores dos melhores cafés de Minas são premiados e vendem uma saca por até 800 dólares



Imagem:

 

 

 

O governador Fernando Pimentel participou nesta segunda-feira (19/12) da cerimônia de encerramento e premiação do 13º Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais, o maior do País nesse setor. De 1.853 amostras inscritas, 24 foram classificadas como finalistas na premiação.  Uma saca desses tipos de café chega a ser vendida no mercado por até U$ 800 (cerca de R$ 2.000,00).

Neste ano, na categoria Natural, o primeiro lugar e que ficou com o prêmio de campeão estadual foi o café do produtor André Souza Lima Campos, do município de Presidente Olegário, no Noroeste do estado. Já na categoria Cereja Descascado o troféu de campeão estadual foi entregue a Aarão Ferreira, de Lajinha, na região Matas de Minas.


O concurso é dividido em duas categorias. A primeira é a Café Natural, que trata do grão recém-colhido que, após passar por um processo de lavagem, é levado para secar. A outra categoria é a do Café Cereja Descascado, Despolpado ou Desmucilado. Estes tipos de café são lavados e há uma separação dos frutos verdes e secos dos frutos maduros. Depois, eles passam por um descascador para só depois seguir para secagem.

Entre os finalistas foram selecionados os três melhores cafés em cada uma das duas categorias, levando em conta cada uma das quatro regiões produtoras: Sul de Minas, Chapadas de Minas, Cerrado Mineiro e Matas de Minas.

 


Agência Minas -

20/12/2016 - 14:01
 
 
   
OUTRAS NOTÍCIAS
 
14/12/2016
 
24/11/2016
 
18/11/2016
 
15/11/2016
 
12/11/2016
 
05/11/2016
 
31/10/2016
 
20/10/2016