Procurar      
Inglês       Espanhol       Francês
Internacional - Notícia
 
 
Santos-Uribe: governo e oposição da Colômbia unidos frente a frente com o Papa no Vaticano



Imagem:  

 

 

 

 

 

O Papa Francisco recebeu nesta sexta-feira (16/12) no Palácio Apostólico do Vaticano o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o líder da oposição colombiana Álvaro Uribe, durante audiências que classificou como "diálogo sincero" em meio ao "momento histórico" vivido pelo país sul-americano.

O primeiro encontro foi com Santos. A audiência foi privada, mas um comunicado do Vaticano afirmou que o presidente pediu ajuda ao pontífice, lembrando o processo de pacificação que está sendo implementado no país após acordo assinado em novembro entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O encontro foi marcado depois que o presidente colombiano foi informado sobre o Prêmio Nobel da Paz, e que faria por conta disso uma viagem europeia.

O presidente colombiano entregou a Francisco como presente o chamado "balígrafo", uma bala de metralhadora calibre 50 transformada em caneta e com a qual Santos e o líder da guerrilha das Farc, Rodrigo Londoño, "Timochenko", assinaram os acordos de paz em Cartagena.

O presente trazia gravada a frase: "As balas escreveram nosso passado. A paz, nosso futuro", que Santos disse a Timochenko quando as partes assinaram o acordo de cessar-fogo e de hostilidades bilateral, em Havana.

Segundo o comunicado do Vaticano, durante o encontro com Santos, o pontífice falou sobre a "cultura do encontro" e destacou "a importância do diálogo sincero entre todos os atores da sociedade colombiana neste momento histórico".

Após a reunião com o presidente, Francisco se encontrou com o ex-presidente e líder da oposição Uribe, que foi um dos mais severos críticos do novo acordo de paz.

Uribe argumenta que o novo acordo não é duro o suficiente, por não incluir as demandas da oposição para que os guerrilheiros das Farc sejam impedidos de formar partidos políticos.

Santos e Uribe também estiveram juntos por cerca de 20 minutos com o Papa. Uma fotografia divulgada pelo Vaticano mostrou os colombianos sentados lado a lado numa mesa no escritório particular do líder da Igreja Católica.


Jornal WebMinas -

16/12/2016 - 15:25
 
 
   
OUTRAS NOTÍCIAS
 
25/12/2016
 
20/12/2016
 
19/12/2016
 
10/12/2016
 
04/12/2016
 
03/12/2016
 
02/12/2016
 
28/11/2016
 
27/11/2016