Procurar      
Inglês       Espanhol       Francês
Grande BH - Notícia
 
 
Tribunal de Justiça suspende proibição da venda de animais vivos no Mercado Central de BH



Imagem:

 

 

 

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) concedeu agravo de instrumento que suspende a proibição da venda de animais vivos no Mercado Central em Belo Horizonte até que o caso seja julgado.

Segundo decisão do desembargador Carlos Roberto de Faria, "analisando-se os autos do inquérito civil realizado pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais, verifica-se que não restou comprovado que todos os estabelecimentos comerciais apresentavam as mesmas condições de insalubridade ou de maus tratos em face dos animais ali comercializados, inclusive no que se refere à lojas de aquarismo".

O mesmo magistrado já havia determinado a suspensão da proibição para outras três lojas do local. O Mercado Central informou que todas as lojas estão funcionando normalmente. Ainda segundo o estabelecimento, dos 26 locais cidatos pelo Ministério Público, apenas oito vendem animais vivos.

O processo ainda será apreciado por uma turma julgadora do TJMG. Segundo o procurador de Justiça, Antônio Sérgio Rocha de Paula, o Ministério Público deverá apresentar um agravo quanto à decisão da Justiça.


Jornal WebMinas -

24/11/2016 - 19:08
 
 
   
OUTRAS NOTÍCIAS
 
14/12/2016
 
13/12/2016
 
10/12/2016
 
08/12/2016
 
07/12/2016
 
05/12/2016
 
24/11/2016
 
23/11/2016