Procurar      
Inglês       Espanhol       Francês
Turismo - Notícia
 
 
Obesos em excesso: cia. aérea havaiana provoca polêmica com a pesagem de passageiros 'gordinhos'



Imagem:

 

 

 

Em viagens de avião, é comum haver um limite de peso para bagagem a ser respeitado pelos usuários. Mas uma companhia aérea do Havaí está causando polêmica ao exigir não só que as malas passem pela pesagem, mas também os próprios passageiros.

Dois homens de negócios samoanos que viajavam de Honolulu, no Havaí, para a capital da Samoa Americana, Pago-Pago, formalizaram reclamações no Departamento de Transportes dos Estados Unidos pelo fato de terem sido obrigados a subirem em uma balança antes de entrarem no voo.

De acordo com a Rádio Nova Zelândia, eles ficaram revoltados com a Hawaiian Airlines porque não puderam escolher seus próprios assentos no avião - a companhia aérea argumentou ter registrado um aumento na média de peso dos passageiros, e que por isso precisava distribuir a carga "uniformemente" na aeronave.

A companhia aérea Hawaiian Airlines costuma operar aviões do modelo Boeing 767-300 que, segundo a rádio, têm capacidade de transportar 269 pessoas confortavelmente por uma média de 11.090 km - mais do que o dobro da distância entre Honolulu e Pago-Pago (4.176 km).

Em meio à polêmica, houve diversas críticas à empresa, que estaria tomando essa atitude de pesar os passageiros porque a Samoa Americana, que é território dos EUA, está entre os locais com maior taxa de obesos no mundo inteiro.


Jornal WebMinas -

07/10/2016 - 12:13
 
 
   
OUTRAS NOTÍCIAS
 
28/12/2016
 
26/12/2016
 
16/12/2016
 
05/12/2016
 
01/12/2016
 
12/11/2016
 
04/11/2016
 
28/10/2016
 
20/10/2016
 
20/09/2016