Procurar      
Inglês       Espanhol       Francês
Turismo - Notícia
 
 
Lei reconhece a Vesperata de Diamantina como patrimônio cultural de Minas Gerais



Imagem:

 

 

 

 

A Vesperata de Diamantina foi reconhecida como patrimônio cultural de Minas Gerais. A Lei 22.456, que reconhece o atrativo musical como patrimônio, foi sancionada pelo governador Fernando Pimentel (PT), no último sábado (24).

O show acontece ao ar livre desde o fim da década da 1990, na Rua da Quitanda, no centro histórico da cidade da Região dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, dois sábados por mês, de março a outubro, quando não chove em Diamantina. Nas sacadas e janelas dos prédios históricos ficam os músicos, que são regidos por maestros que se posicionam no meio da rua, entre os espectadores.

Sentado em mesas ou mesmo em pé, o público é atendido por garçons dos bares próximos, tornando a programação ainda mais agradável, com a opção de degustar tira-gostos tipicamente mineiros. A banda é regida e composta por integrantes do 3º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais e por jovens músicos da Orquestra Mirim.

O tenente Everton da Luz Ferreira, um dos regentes que participa da Vesperata, contou que o patrimônio é um reconhecimento do trabalho. “A notícia é excelente. Pra gente aqui é uma maravilha. É um evento muito grandioso. É um reconhecimento do trabalho que a gente faz”, afirmou.

Diamantina é uma das cidades de Minas cujo centro histórico possui o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em 1999.

Jornal WebMinas -

28/12/2016 - 07:23
 
 
   
OUTRAS NOTÍCIAS
 
26/12/2016
 
16/12/2016
 
05/12/2016
 
01/12/2016
 
12/11/2016
 
04/11/2016
 
28/10/2016
 
20/10/2016
 
07/10/2016
 
20/09/2016