NOTÍCIAS Notícias de Minas

Mais novo Distrito Industrial de Betim…

Fazenda Baú I deve gerar receita anual de arrecadação de mais de R$ 460 milhões para o município e promover cerca de 1.200 empregos

O mais novo distrito industrial de Betim, o Fazenda Baú I, localizado às margens da BR-262, no bairro Pingo d’ Água, teve a primeira fase de construção concluída. O empreendimento é fruto de contrapartida da iniciativa privada e abrange cinco quadras de lotes para receber 24 unidades empresariais ao todo, em área de cerca de 190 mil metros quadrados. A construção do distrito deve ser concluída em 12 meses e as empresas devem instalar suas unidades no espaço para iniciar as operações em até três anos. Todas as etapas de construção serão fiscalizadas pela Prefeitura de Betim, por meio da Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transportes e Trânsito (Ecos).

O projeto inicial da Fazenda Baú I passou por alterações em razão de intercorrências encontradas no local durante a execução das obras. Foi necessário, por exemplo, rebaixar o lençol freático na área do distrito e reforçar o subleito das vias de circulação que estão sendo construídas. No momento, as equipes estão preparando a base das vias para garantir mais durabilidade à pavimentação e finalizando a rede de drenagem. O investimento inicial nas obras é de cerca de R$ 17 milhões.

Já as intervenções da segunda fase incluem construção das redes de esgoto, pavimentação asfáltica, sinalização das vias e iluminação. 

No local serão instaladas empresas dos ramos logísticos, de serviços, construção civil e atividades industriais. Toda a obra está sendo realizada com investimentos provenientes das próprias empresas que atuarão no local. 

Retorno para o município

Estimativa da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Econômico aponta que o distrito industrial Fazenda Baú I pode gerar uma receita de arrecadação de R$ 462 milhões anuais para o município e promover a criação de cerca de 1.200 empregos.

“Com mais um distrito virão novos empreendimentos de diversas áreas que poderão se beneficiar da nova infraestrutura viária do município, ajudando a ampliá-la com o projeto do próprio distrito. Betim continua sendo um dos maiores polos industriais do Brasil e, agora, atinge seu ápice de desenvolvimento, se consolidando, também, como polo logístico. Nosso planejamento urbano vem redefinindo áreas de expansão urbana e também de zoneamento para receber novas indústrias e, assim, manter o ciclo de crescimento econômico que beneficia toda a população”, explica o secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Gilmar Lembi Mascarenhas.